.

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

So far and yet so near.


Foram dias tão bons com você, exatamente dezessete dias vividos intensamente. E eu me lembro daquele... Como sempre, eu acordei, e você já estava sentada na cama, olhando pra mim e rindo, dizendo que já estava a um tempão tentando me acordar e que eu não parava de mecher os pés quando você tocava no meu braço. Depois de um tempo, você me ajudou a vencer a preguiça e me esperou, até que eu tomasse banho, para que nós almoçassemos juntas.

No fim da tarde, nós fomos pra quadra de basquete, e eu assisti você jogar com um monte de gente. Você já tava morrendo, mas não parava de correr de um lado pra outro. Deve ser por isso que você perdeu a ultima partida, e ainda ficou dizendo que era por que eu não estava torcendo por você!

Já tava escuro, e nós estávamos muito cansadas e suadas, e fomos bem devagar subindo aquela ladeira que se tornou imensa, naquele dia. Você se imaginava A jogadora, e eu era a repórter que te entrevistava depois de uma derrota. Pois é, a líder de time, tem que ser forte sempre! Você estava toda empolgada, com direito a foto pra capa da revista e tudo, até autógrafos!

Nós já estávamos em frente àquela casa que tava tendo um aniversário todo cheio de balões e pessoas, quando você deu um grito e pulou em cima de mim, atraindo os olhares de todo mundo. Era só um sapo. Mais um sapo. Hahaha, e a gente saiu morrendo de rir feito duas abestalhadas até chegar em casa, passando de fininho, por trás dos outros sapos que encontrávamos no caminho, pra eles não nos notar e decidir, sei lá, nos atacar com o seu xixi letal, que você sempre falava.

Finalmente chegamos em casa, todas suadas, e morrendo de preguiça de tomar banho. Ficamos enrolando por um bom tempo, assistindo TV, até criamos coragem e você foi pra sua casa. Depois voltou. Nós já estávamos limpas! \o

Ficamos conversando naquela sala por um bom tempo. Eu estava deitada na rede, e você sentada no sofá, me balançando com os pés. Você até fez aquela dancinha, que todo mundo que tava lá fora viu, pela janela! Lembra?

Depois de muita coca-cola e conversas jogadas fora, fomos lá pra fora. Pra varanda. E você ficou deitada com a cabeça no meu colo, no chão. E eu fiquei mechendo no seu cabelo como você sempre fazia comigo. Meu cabelo que eu odeio pentear, você adora. A gente conversou sobre tudo. Assuntos super sérios que, como sempre, terminaram em besteira, tipo "você sabe piscar um olho só?" ou fazer aquele barulho com a boca, que parecia um gato, que só eu sei fazer. Mas só você sabe piscar o olho tão bem.

É, e esses mínimos detalhes podem até parecer besteira, mas são eles um das coisas que mais significa pra mim, esse detalhes que te fazem uma pessoa mais especial do que já é. Porque brincar de dar murro, nunca dizer "eu te amo", ficar pulando pelo shopping, esmagar sapos, pular na cama elástica de vestido, virar um barco, discutir sobre a Lua, treinar em casa as coisas que você me ensina, entender seus olhares e muitas outras coisas. É tudo muito significativo pra mim.

Porque apesar de você parecer ser uma ''sem sentimentos'', você é super gay por dentro, capaz de me dizer que eu não demonstro nada por você, me obrigando a fazer uma carta de madrugada, super gay também, e que foi respondida por outra mais gay ainda! Haha. Você sabe o que eu gosto e o que eu não gosto. Quando estou feliz ou triste. E sabe a hora certa de me dizer a coisa certa.

E agora você está tão longe. Longe o suficiente pra eu te amar mais.

9 Comentários:

Anna Beatriz disse...

Ouun, vocês são umas fofas *-*, você nem falou da musica que ela fez pra você =[
beeijos Inha linda do meu ♥

Ada Lílian disse...

Que lindo Inhaa, mostra pra ela *--*
beeijos

joaovieira disse...

ahh, que legal amizade de vcs ;*

Candy Medina disse...

coisas simples fazem toda a diferença *-*
lindo o post, :*

Anônimo disse...

lembro esses dias. os melhores dias da minha vida! :] morrendo de rir agora! A LIDER DO TIME AMA VC :]

Thaís A. disse...

oun, que lindo *-* é muito bom ter uma amizade assim, pena que vocês estão tão longe :/

Maldito disse...

o pior é saber que com o passar do tempo,...isso se repete muito em nossas vidas!

Bill Falcão disse...

Sim, os detalhes fazem a diferença!

Gostei da mudança de layout. Agora, fica mais fácil comentar, né?
Bjooooo!!!!

So far and yet so near.

9 comentários

Foram dias tão bons com você, exatamente dezessete dias vividos intensamente. E eu me lembro daquele... Como sempre, eu acordei, e você já estava sentada na cama, olhando pra mim e rindo, dizendo que já estava a um tempão tentando me acordar e que eu não parava de mecher os pés quando você tocava no meu braço. Depois de um tempo, você me ajudou a vencer a preguiça e me esperou, até que eu tomasse banho, para que nós almoçassemos juntas.

No fim da tarde, nós fomos pra quadra de basquete, e eu assisti você jogar com um monte de gente. Você já tava morrendo, mas não parava de correr de um lado pra outro. Deve ser por isso que você perdeu a ultima partida, e ainda ficou dizendo que era por que eu não estava torcendo por você!

Já tava escuro, e nós estávamos muito cansadas e suadas, e fomos bem devagar subindo aquela ladeira que se tornou imensa, naquele dia. Você se imaginava A jogadora, e eu era a repórter que te entrevistava depois de uma derrota. Pois é, a líder de time, tem que ser forte sempre! Você estava toda empolgada, com direito a foto pra capa da revista e tudo, até autógrafos!

Nós já estávamos em frente àquela casa que tava tendo um aniversário todo cheio de balões e pessoas, quando você deu um grito e pulou em cima de mim, atraindo os olhares de todo mundo. Era só um sapo. Mais um sapo. Hahaha, e a gente saiu morrendo de rir feito duas abestalhadas até chegar em casa, passando de fininho, por trás dos outros sapos que encontrávamos no caminho, pra eles não nos notar e decidir, sei lá, nos atacar com o seu xixi letal, que você sempre falava.

Finalmente chegamos em casa, todas suadas, e morrendo de preguiça de tomar banho. Ficamos enrolando por um bom tempo, assistindo TV, até criamos coragem e você foi pra sua casa. Depois voltou. Nós já estávamos limpas! \o

Ficamos conversando naquela sala por um bom tempo. Eu estava deitada na rede, e você sentada no sofá, me balançando com os pés. Você até fez aquela dancinha, que todo mundo que tava lá fora viu, pela janela! Lembra?

Depois de muita coca-cola e conversas jogadas fora, fomos lá pra fora. Pra varanda. E você ficou deitada com a cabeça no meu colo, no chão. E eu fiquei mechendo no seu cabelo como você sempre fazia comigo. Meu cabelo que eu odeio pentear, você adora. A gente conversou sobre tudo. Assuntos super sérios que, como sempre, terminaram em besteira, tipo "você sabe piscar um olho só?" ou fazer aquele barulho com a boca, que parecia um gato, que só eu sei fazer. Mas só você sabe piscar o olho tão bem.

É, e esses mínimos detalhes podem até parecer besteira, mas são eles um das coisas que mais significa pra mim, esse detalhes que te fazem uma pessoa mais especial do que já é. Porque brincar de dar murro, nunca dizer "eu te amo", ficar pulando pelo shopping, esmagar sapos, pular na cama elástica de vestido, virar um barco, discutir sobre a Lua, treinar em casa as coisas que você me ensina, entender seus olhares e muitas outras coisas. É tudo muito significativo pra mim.

Porque apesar de você parecer ser uma ''sem sentimentos'', você é super gay por dentro, capaz de me dizer que eu não demonstro nada por você, me obrigando a fazer uma carta de madrugada, super gay também, e que foi respondida por outra mais gay ainda! Haha. Você sabe o que eu gosto e o que eu não gosto. Quando estou feliz ou triste. E sabe a hora certa de me dizer a coisa certa.

E agora você está tão longe. Longe o suficiente pra eu te amar mais.

9 comentários:

Anna Beatriz disse...

Ouun, vocês são umas fofas *-*, você nem falou da musica que ela fez pra você =[
beeijos Inha linda do meu ♥

Ada Lílian disse...

Que lindo Inhaa, mostra pra ela *--*
beeijos

joaovieira disse...

ahh, que legal amizade de vcs ;*

Heloísa Vilela disse...

Nossa, que lindo *-*

Candy Medina disse...

coisas simples fazem toda a diferença *-*
lindo o post, :*

Anônimo disse...

lembro esses dias. os melhores dias da minha vida! :] morrendo de rir agora! A LIDER DO TIME AMA VC :]

Thaís A. disse...

oun, que lindo *-* é muito bom ter uma amizade assim, pena que vocês estão tão longe :/

Maldito disse...

o pior é saber que com o passar do tempo,...isso se repete muito em nossas vidas!

Bill Falcão disse...

Sim, os detalhes fazem a diferença!

Gostei da mudança de layout. Agora, fica mais fácil comentar, né?
Bjooooo!!!!

  ©A guardiã de memórias - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo